8/22/2014

V Artefatos da Cultura Negra do Ceará será realizado em setembro

0 comentários


A população afrodescendente no Brasil desencadeou inúmeras iniciativas para superar a exclusão e as práticas racistas, dentro e fora do sistema educacional, que atravessaram o século XX. Como parte desse processo político de luta por educação de qualidade e antirracista é que nos anos de 2003 e 2004 o movimento negro brasileiro recoloca em pauta o ensino da História e Cultura Afro-Brasileira e Africana no país, tornando obrigatório no currículo oficial da Rede Nacional de Ensino de acordo com a Lei 10.639/2003 e nos termos de suas Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Étnico-Raciais e para o Ensino da História e Cultura Afro-Brasileira e Africana (Parecer CNE/CP 03/2004 e Resolução CNE/CP 01/2004).

A Lei nº. 10.639/03 alterou a LDB nº. 9.394/96 nos seus artigos 79A e 79B que até então não propunha em seu corpo legal a obrigatoriedade da discussão das questões voltadas à temática. Diante desse contexto e movidos pelo desejo de se promover uma educação de combate ao racismo é que nasceu, no ano de 2009, a proposta do Artefatos da Cultura Negra no Ceará, o qual se encontra na sua V edição.

Este ano o Seminário V Artefatos da Cultura Negra no Ceará intitulado “Formação de Professores para a Educação, Cultura e História Africana e Afrodescendente” tem como proposta fundamental realizar, durante quatro dias, formação do corpo docente da educação básica, assim podendo subsidiá-los no tocante ao conhecimento das contribuições deixadas pelos africanos e afrodescendentes e que ficaram esquecidos ou ocultadas no decorrer do processo histórico nacional. Dessa forma, é que se coloca a necessidade de realizar anualmente o evento, pois leva-se em consideração as requisições da lei aqui em discussão e, consequentemente, sugerindo propostas que visam superar as carências, deixadas durante o processo histórico, acerca da produção cultural de africanos no Brasil.

O evento está programando para ocorrer entre os dias 3 (três) e 6(seis) de setembro nos seguintes locais: Universidade Regional do Cariri – URCA, Campus Crato-CE e no Instituto Federal do Ceará – IFCE, Campus Juazeiro do Norte.

O Artefato está sendo promovido pela URCA, através do Departamento de Educação, IFCE, Universidade Federal do Ceará – UFC, por intermédio do Programa de Pós-Gradução em Educação, além do Grupo de Valorização Negra do Cariri – GRUNEC e durante o evento haverá Minicursos, Palestras, Mesas Redondas, Oficinas, Visitas Pedagógicas e Lançamento de Livros.

Continue Lendo...

8/21/2014

Presidente da AUNA classifica como difamatória e mentirosa postagem do blog “A Pedreira”

0 comentários


O blogueiro Júnior Carvalho publicou na tarde desta quinta-feira, 21 de agosto, em seu blog “A Pedreira” artigo em que acusa o presidente da Associação Universitária Altaneirense – AUNA, o universitário Cláudio Gonçalves de descumprir um dos princípios fundamentais de quem ocupa qualquer órgão que tenha como principal objetivo o interesse coletivo, o bem comum – a saber, a transparência.

De acordo com informações do “A Pedreira”, Cláudio Gonçalves não vem apresentando as prestações de contas da entidade representativa da classe universitário. Segundo Júnior, as informações para tal afirmação foram colhidas junto a alguns membros da AUNA. “Em conversas com alguns universitários, todos foram unânimes em afirmar que desconhecem e não lembram a última vez que viram a prestação de conta da atual diretoria”, frisou o blogueiro. Júnior, no entanto, não cita quem os cedeu às informações.

Na noite desta quinta-feira, 21, o presidente da AUNA (foto ao lado) se utilizou da rede social facebook para se manifestar sobre o caso exposto. Em nota publicada nos grupos “Jovens Politizados” e “Altaneira-Ceará”, Cláudio Gonçalves classificou o artigo como difamatório e mentiroso e argumenta que todos os primeiros finais de semana do mês é realizado reuniões com o grupo de Universitários Altaneirenses e nestas sempre procura ter a maior transparência possível com os estudantes que formam a entidade estudantil.

Cláudio afirma que rejeita a atitude de Júnior Carvalho. “Na oportunidade repugno tal ação do servidor público anteriormente citado que usa de uma ferramenta tão importante para difamar pessoas de bem e que têm um histórico de luta em causas sociais”.

Alguns membros da AUNA entraram no debate iniciado nas redes sociais. Segundo Emanuelle Teles na última reunião em que participou, referente ao mês de junho as contas foram apresentadas e de forma clara. “Só posso afirmar que as reuniões universitárias que participei todas as prestações de contas foram explicadas e passadas para todos os universitários terem acesso, inclusive a ultima reunião que participei foi no mês de Junho a qual a prestação que foi repassada foi referente ao mês de Maio. A amiga Flavia Regina sempre apresentou as prestações de forma clara e aberta para todos”, frisou.  “As reuniões em que estive presente, sempre foram feitas as prestações de contas...”, pontuou Cassia Alves.

Toda via, a falta de transparência foi mais uma vez levantada. Desta vez por Eduardo Amorim, acadêmico de direito. Ele sustenta que pediu cópia das atas mas nunca foi atendido. Porém, essa ação foi contestada por Givanildo Gonçalves. “Sempre que estive presente nas reuniões da Auna houve antes de qualquer outra pauta a prestação de contas, o colega Eduardo não esteve presente nas últimas reuniões, sendo assim não haveria condições de entregar o material solicitado! Da mesma forma aconteceu com Robson Cardoso, solicitou a ata e na reunião seguinte foi entregue”, comentou. Para Givanildo, “cabe agora ao presidente investigar quem afirmou, com tamanha imprudência, essa difamação e tomar as medidas cabíveis”.

O blogueiro Raimundo Soares sustentou que é importante que as prestações de contas se tornem públicas, pois evitaria inquietações como essas. “Se as prestações fossem públicas não haveria esses questionamentos. Não custa nada a entidade manter um blog e apresentar mensalmente a prestação de contas e não apenas ficar restrita aos participantes da Assembleia”, pontuou.

Continue Lendo...

8/20/2014

Icone do cenário cultural brasileiro, a negra bailarina Mercedes Baptista morre aos 93 anos

0 comentários


Ícone do cenário cultural brasileiro, a bailarina Mereces Baptista morreu na noite desta segunda, 18, no Rio. A informação foi confirmada por Olivier Luciano, o Pelé, - como é conhecido no meio do samba carioca -, presidente da Acadêmicos do Cubango, pela qual em 2008, a bailarina foi homenageada sob o enredo “Mercedes Baptista: de passo a passo, um passo”. Sua história de luta e superação também foi tema do livro “Mercedes Baptista – A criação da identidade negra na dança”, do escritor Paulo Melgaço. Ainda não se sabe a causa da morte da artista.

Mercedes Baptista. Foto: Acervo Google.
Sobre Mercedes Baptista

Mercedes Baptista nasceu em 1921, no município de Campos dos Goytacazes, Rio de Janeiro. Ainda jovem, mudou-se para a cidade do Rio de Janeiro, exercendo diversas atividades profissionais. Trabalhou em uma gráfica, em fábrica de chapéus e como não podia fugir a regra de grande parte das meninas negras de seu tempo, foi empregada doméstica. Trabalhou, também, em bilheteria de cinema; quando podia, assistia aos filmes; neste período acalentava o sonho dos palcos. Mobilizada por realizar seu sonho, começou a dedicar-se a dança.

As primeiras lições de ballet clássico vieram em 1945. Três anos depois, ela decidiu participar do concurso para o ingresso no Corpo de Baile do Theatro Municipal. Ao longo de sua carreira, sentiu na pele a discriminação que a afastava dos palcos. Sua formação na companhia e escola de dança Katherine Dunham certamente definiu os rumos do trabalho que desenvolveu no Brasil e que a coloca como a principal precursora da dança afro-brasileira.

Na década de 1960, Mercedes uniu sua formação erudita com a valorização da cultura negra, lançando o balé afro. Desbravadora, artista, foi além e junto com os carnavalescos Arlindo Rodrigues e Fernando Pamplona, introduziu a dança clássica no desfile da escola de samba Salgueiro, do Rio de Janeiro, em 1963.

Mercedes Baptista foi a coreógrafa da Comissão de Frente, que dançou o minueto, num cenário composto com a igreja da Candelária ao fundo. O Salgueiro ganhou o Carnaval, com um desfile que se tornou referência, influenciando e mudando o rumo dos desfiles das escolas de samba

O trabalho de Mercedes Baptista foi fundamental para dar uma guinada na dança afro-brasileira. Sua entrada para o Corpo de Baile do Municipal foi cercada de mistério e preconceito, em 1948.

Segundo Mercedes, a seleção consistia em cinco etapas. No dia da última prova para mulheres, ela não foi avisada. Chorou e depois ficou sabendo que iria disputar com os homens. Como tinha facilidade para saltar, a prova não foi difícil e ela conseguiu entrar.


Via Retratório
Continue Lendo...

Eleitos membros do Grêmio Estudantil da EEEP Wellington Belém de Figueiredo

0 comentários


O corpo discente dos quatro cursos técnicos da Escola Estadual de Educação Profissional Wellington Belém de Figueiredo, localizada no município de Nova Olinda e que atende em forma de consórcio os municípios de Altaneira e Santana do Cariri, elegeu na manhã desta segunda-feira, 18 de agosto, os componentes do Grêmio Estudantil.

Diretoria do Grêmio Estudantil da EEEP Wellington Belém de Figueiredo.
De acordo com o edital, as eleições tiveram início a partir das 09h00 da manhã e prosseguiu até as 13h00. Todo o processo foi acompanhado pela professora Fabiana e com o acompanhamento e supervisão da coordenadora Ana Maria, além de alunos e da servidora Ângela Maria que junto a professora Fabiana compunha a comissão eleitoral.

Coordenadora Ana Maria divulgando resultado aos
alunos do auditório.
A chapa com o slogan “Juntos somos mais, juntos somos fortes”, única na disputa computou 102 (cento e dois) votos. Foi apurado ainda 61 (sessenta) brancos 6 (seis) nulos. Esse resultado foi divulgado ainda na tarde da segunda no auditório envolvendo todo o corpo discente, professores/as, a comissão eleitoral e a gestão escolar.

A diretoria é heterogênea, envolvendo, desta feita, alunas/os dos cursos técnicos em Redes de Computadores, com dois representantes (José Erick e Tereza Myllenna), Finanças, com três membros (Angelo Rauan, Sauana Araújo e Vinícius Albanás), Agronegócio, com um membro (Ricardo Aquino) e quatro componentes do curso de Edificações (Maria Andressa, Carla Jamily, Felipe Albanas e Francisco Matheus).

Professora Fabiana e Ângela Maria ao lado da diretoria
do Grêmio Estudantil.
Está programado um momento de mobilização, sensibilização e interação da diretoria do Grêmio desta instituição com outros órgãos das demais escolas para esta quinta-feira, 21.

É digno de registro que o grêmio compreende uma organização sem fins lucrativos vindo a representar o interesse da classe estudantil junto a escola, sendo ainda um parceiro desta. Suas atuações terão como norte atividades cívicas, educacionais, desportivas, ambientais e sócio-culturais, sempre subsidiadas por atitudes democráticas.  Nunca é demais lembrar que é atuando nele, participando dede de outros órgãos semelhantes que você defende seus direitos e interesses, aprende os seus deveres, além de aprender  a ética e cidadania na prática.

A cobertura fotográfica que ilustram esse artigo foi feita pela professora de informática Lucélia Muniz.


Continue Lendo...

8/19/2014

Em nota, Secretário de Cultura de Altaneira explica substituição do Chelsea por AEA

0 comentários


Foi publicado na noite desta segunda-feira, 18 de agosto, aqui no Informações em Foco artigo sobre a abertura da 16ª Edição do Campeonato de Futebol do município de Altaneira. Nele foi relatado que o ponta pé inicial está marcado para acontecer no próximo dia 30, conforme reunião em que se aprovou  o documento que regulamenta a competição na manhã do dia 10 e divulgado por Humberto Batista, ora no cargo de presidente da Associação Esportiva Altaneirense – AEA, entidade responsável pela realização do torneio.

No artigo foi informado também que a competição obedece ao menos a princípio, as mesmas regras dispostas na sua 15ª edição realizada ano passado com o envolvimento de oito equipes em confrontos de ida e volta, tanto na sede do município quanto na zona rural onde há equipes que as representam.

Toda via, um fato chamou a atenção. Nessa edição, a novidade ficou por conta  da saída da equipe do Chelsea para a entrada de um clube que leva o nome do órgão realizador do torneio. De acordo com informações repassadas na manhã do último domingo, 17, a este blogueiro por José Félix, conhecido popularmente como Pindó, um dos representantes da equipe que ficou fora da disputa, seu clube estava formado, porém foi barrado de participar. Pindó foi treinador da equipe altaneirense de nome estrangeiro na campanha de 2013 e segundo ele informou estava disposto a recorrer da decisão, pois pretendia  ainda participar dessa edição, haja vista que o elenco estava completo e sempre participou das atividades esportivas sem nunca ter abandonado-as, mesmo não tendo conquistado resultados satisfatórios.

Na manhã desta terça-feira, 19, em comentário no grupo “Altaneira – Ceará”, da rede social facebook, ao artigo do Informações em Foco, o Secretário Municipal de Cultura, Desporto e Turismo, Antonio de Kaci, afirmou  inicialmente que iria se reunir com Humberto Batista, presidente da Associação Esportiva Altaneirense – AEA visando rever o caso exposto e que iria fazer o possível para que ninguém ou alguma equipe saia prejudicada. Duas horas após o comentário Antonio volta a se manifestar por intermédio de uma Nota de Esclarecimento.

Por ela, o secretário informa que se reuniu não só com o presidente da AEA, mas também com José Félix (Pindó). Ele menciona que o Chelsea continuará fora do campeonato e enumera dois pontos para essa escolha. Estes são critérios que foram seguidos pelos outros sete times, a saber: a não participação desta equipe na VIII Copa Santo Antonio da Serra do Valério e o elenco não estava completo.

Confira a integra da nota (assim mesmo, sem reescrita)

Estivemos reunidos na manhã de hoje com o Representante da Equipe Chelsea e com o Presidente da AEA. * Ficou acordado que a referida equipe não participaria do XVI Campeonato de Futebol de Campo 2014, tendo em vista a não obedecer os critérios estabelecidos entre todos os representantes das equipes: I) participação da equipe na VIII Copa Santo Antonio da Serra do Valério, realizada nos meses de maio e junho de 2014; II) Formação completa do time. O Sr. José Felix da Silva, conhecido como Pindó declarou ainda, que assumiu o compromisso de ser o treinador da equipe do Caixa Dágua. Então, não ouve exclusão de nenhuma equipe por parte da Secretaria de Cultura e da AEA. *** Em relação a participação da Equipe da AEA, foi uma decisão tomada em reunião com os representantes dos times, na qual todos foram de pleno acordo. levando em consideração que AEA completaria a 8ª equipe para realização do campeonato. (com jogadores da Categoria de Base). Obs. Caso tenha algum problema em relação o nome da equipe, estamos aberto para sugestões. Declara o Presidente da AEA.”
Continue Lendo...

Escritor caririense tem coleção de livros incorporado e catalogado em biblioteca espanhola

0 comentários


Obras de Geraldo Ananias Pinheiro incorporada
e catalogada na biblioteca espanhola.
O escritor Santanense do Cariri Geraldo Ananias Pinheiro, um dos romancistas cearenses que viveu a infância no município de Crato e que possui forte traços com o sítio Taboquinha, em Altaneira, chegou a escrever várias obras.  A mais recente, “A Força de um Mistério” foi lançada em 16 de fevereiro deste ano no auditório da Secretaria Municipal de Assistência de Altaneira.

Além dela, inclui-se no rol dos escritos desse autor “Réstias do Tempo”, “Levado ao Vento” e “Nos Ombros do Destino”. Segundo informações de Dheva Caldas, altaneirense que deixou o município ainda muito jovem e se fixou na Espanha, Geraldo Ananias chegou a doar uma coleção de seus escritos para a biblioteca espanhola de Alcala la Real.

Os livros foram incorporados ao acervo da biblioteca que em retribuição a doação os catalogou, passando a estar disponível para o público leitor na Sala de leitura Referencia em Teatros e Novelas, foi o que afirmou Dheva a partir de imagens compartilhadas e que ilustram esse artigo. Para ela, a ação torna o acervo mais rico.

Em comentário, Geraldo (foto ao lado) agradeceu pela divulgação e frisou “é uma honra ter nossos livros nessa renomada biblioteca”.

O escritor atualmente reside em Brasília desde que deixou o estado cearense. È casado, tem quatro filhos, sendo três do sexo feminino, além de um neto. As suas origens são as grandes fontes de inspiração literária.

Confira outras fotos compartilhadas por Dheva Caldas










Continue Lendo...

8/18/2014

Com propaganda, XVI Campeonato de Futebol de Altaneira terá início dia 30 de agosto

0 comentários


O Governo Municipal de Altaneira, através da Secretaria de Cultura, Desporto e Turismo deverá iniciar no próximo dia 30 de agosto a sua 16ª edição do Campeonato de Futebol.  A informação foi confirmada tão logo se deu aprovação do documento que regulamenta a competição na manhã dia 10 do corrente mês e divulgado por Humberto Batista, ora no cargo de presidente da Associação Esportiva Altaneirense – AEA, entidade responsável pela realização do torneio.

Cartaz de Divulgação da 16ª Edição do Campeonato de
Futebol. Foto: Divulgação.
O campeonato obedece ao menos a princípio, as mesmas regras dispostas na sua 15ª edição realizada em 2013 com o envolvimento de oito equipes em confrontos de ida e volta, tanto na sede do município quanto na zona rural onde há equipes que as representam.  A novidade esse ano é à saída da equipe do Chelsea para a entrada de um clube que leva o nome do órgão realizador do torneio. Segundo José Félix, conhecido popularmente como Pindó, um dos representantes do Chelsea, ele vai recorrer da decisão e pretende ainda participar dessa edição, haja vista que o elenco está completo e sempre participou das atividades esportivas sem nunca ter abandonado-as, mesmo não tendo conquistado resultados satisfatórios.


Ainda não foi dado explicações para essa substituição. Até o fechamento desse artigo a Associação Esportiva Altaneirense e a Secretaria de Cultura não havia se posicionado sobre o caso.

Além da AEA, farão parte ainda o Caixa D’Água, Juventude, Maniçoba, Portuguesa, São Romão, Serrano e Vila Rica. A programação de abertura está marcada para ocorrer a partir das 16:00h defronte a Secretaria de Assistência Social. Aqui, haverá um desfile com os jogadores percorrendo os principais logradouros da cidade com destino ao Ginásio Poliesportivo.

Ainda aqui, farão parte da cerimônia de abertura as bandas de músicas dos municípios vizinhos, a Manoel de Benta de Assaré e a Fanfarra da Escola Pe. Luis Filgueiras, de Nova Olinda, além da anfitriã, a Pe. David Moreira.

No mesmo horário haverá o confronto entre o Vila Rica e a AEA no distrito do São Romão. Na sede o Caixa D’Água receberá o Serrano. Ao término da primeira fase as quatro equipes que mais pontuarem se classificam para as semifinais

De acordo com o regulamento apenas atletas inscritos na AEA, residentes e domiciliados no Município poderão participar do campeonato.

A final está marcada para o dia 18 de dezembro, dia do município. Ano passado, a equipe da Portuguesa foi campeã ao bater nos penalty o Caixa D’Água.

Além das divulgações nos portais de comunicação e nas redes sociais, o governo municipal também inclui na tarde desta segunda-feira (18/08), convite a comunidade em carro de som. 
Continue Lendo...

Plataforma Digital permite a participação do público na construção do Plano Setorial para a Cultura Afro-brasileira

0 comentários


Está no ar a plataforma digital que facilita a comunicação entre os cidadãos e os responsáveis pela formulação do Plano Setorial para a Cultura Afro-brasileira. Por meio desse espaço, será possível enviar sugestões, opiniões e contribuições e participar ativamente das atividades que envolvem a construção da política pública. Para colaborar, basta acessar o formulário de contribuição aqui

O espaço pergunta, entre outros, sobre como o público avalia a cena cultural afro-brasileira na região em que vive, o que carece de mudanças e de que maneira isso poderia ser feito. O objetivo é que por meio desses questionamentos, seja possível identificar as principais necessidades dos agentes culturais negros em diversas regiões brasileiras.

Além da possibilidade de participar ativamente da construção do Plano, nesse mesmo espaço o público terá acesso a agenda das reuniões que estão acontecendo em vários estados, ao caderno de apoio do Plano Nacional, assim como informações relacionadas.

Plano Nacional de Políticas Afro-brasileira – Tem o objetivo de cumprir a Meta 46 do Plano Nacional de Cultura em instalar colegiados e elaborar planos setoriais. Visa também, realizar um conjunto de atividades que possam subsidiar a construção da política nacional para cultura afro brasileira e organizar ações de formação e articulação institucional de forma a ampliar o debate nos estados brasileiros.

A construção do Plano é uma parceria entre a Fundação Cultural Palmares (FCP-MinC), o Colegiado Setorial Afro-brasileiro do CNPC (Conselho Nacional de Políticas Culturais) e as representações de cultura em cada estado brasileiro.



Via Palmares
Continue Lendo...